Cozinha Sob Pressão | Novo Programa no SBT

Fruto da nova safra de programas culinários da TV aberta, o "Cozinha Sob Pressão" estreia no próximo sábado (11), no SBT, com 14 concorrentes disputando uma grande quantia em barras de ouro. No comando da atração, o chef Carlos Bertolazzi, que substituiu às pressas Jefferson Rueda após ele ter deixado o programa, evita comparações com outro programa culinário que estreou recentemente, o "Masterchef".

"São gritantemente diferentes. Nosso ambiente é de cozinha profissional, não é uma bancada. Nunca vou provar teu prato e dizer que você está fora", afirmou o chef durante apresentação para imprensa, nesta terça-feira. Ele ressaltou que o reality do SBT difere do da Band por acompanhar também o relacionamento entre os candidatos: "Estamos atentos à vida deles depois da cozinha, se um comenta sobre alguém o ferrou. Eles estão lá como colegas de cozinha".

Baseado em "Hell's Kitchen", formato da produtora Fremantle originalmente apresentado pelo chef-celebridade Gordon Ramsay, o reality mostra os competidores interagindo em uma disputa acirrada. Divididos em duas equipes, eles não só terão o desafio de preparar os pratos propostos por Bertolazzi como também o de preparar um jantar para 40 pessoas – que podem inclusive se inscrever para isso pelo site oficial do programa. A cada semana, um candidato é eliminado pelo chef. O vencedor ganhará R$ 100 mil em barras de ouro.
Com quatro episódios já gravados, o "Cozinha Sob Pressão" procurou candidatos que já tivessem experiência profissional. Os selecionados precisavam ter trabalhado por pelo menos um ano em um restaurante à la carte e tiveram de passar por uma entrevista em vídeo e um teste de habilidade. Mesmo para os profissionais experientes, a competição está sendo desafiadora. "Você tem profissionais gabaritados, mas eles estão confinados, trabalhando em outra cozinha, com colegas diferentes, sendo gravado. O nível de pressão é muito grande, maior até do que em uma cozinha normal", resumiu Bertolazzi, que avaliará a qualidade do jantar de cada noite e decidirá sozinho quem será eliminado. 

E o chef já sabe até que convidado ilustre gostaria de levar para jantar no reality: o dono da emissora, Silvio Santos. "Quero que ele vá lá, o pessoal ia ficar bem nervoso". Questionado sobre o que prepararia, ele ainda não sabia qual seria sua escolha. "Iria pesquisar bem os pratos preferidos dele".
"Cozinha Sob pressão" será exibido aos sábados, às 18 horas até o dia 25 de outubro. Depois, ele passa para as 18h30. O programa deve terminar no início de janeiro.
Exigente na cozinha e doce fora dela, Carlos Bertolazzi revelou que o público poderá ver várias facetas de sua personalidade no programa – e que não incorporará o estilo ríspido de Gordon Ramsay. "Existe o Carlos do dia a dia e o profissional. Mas não que isso transforme o Carlos em uma pessoa desagradável no ambiente profissional. Sou duro, sou rígido, mas as pessoas vão poder ver o Carlos cozinheiro. Não esperem me ver atuando como o Gordon Ramsay. Sou fã dele, mas vocês vão ver o Carlos", afirmou.

Chef-proprietário do restaurante Zena Caffè, Bertolazzi tem experiência na televisão. Ele apresenta também o programa "Homens Gourmet", exibido no canal pago Bem Simples. Mas ainda está se "preparando psicologicamente" para a grande exposição que um programa na TV aberta traz. "Vou voltar para a análise", disse, bem-humorado. "Vou tentar estar preparado e entender que nunca serei unanimidade. Vou ler coisas boas e ruins. Faz parte e meu analista está aí para isso".

Em relação a contratação às pressas, Bertolazzi contou que assinou o contrato em uma sexta e começou a gravar na segunda. "Tive um tempo de pré-produção de três dias pra mergulhar no universo e começar a gravar. Antes do 'Cozinha Sob Pressão', teve o 'Produção Sob Pressão' e graças a Deus eu não fui eliminado", brincou o chef. 

O chef assumiu a atração após a saída de Jefferson Rueda, que aconteceu de comum acordo entre o chef e a emissora, segundo a direção artística do SBT. O problema na ocasião foram divergências comerciais entre as duas partes. Mas Bertolazzi disse não ver conflito entre programa e anúncios dos patrocinadores. "Todas as marcas que estão patrocinando são marcas que eu tenho na despensa de casa. E eu sinto um clima de muita consulta e muita democracia. Senti no primeiro momento de merchan em que me consultaram. Não foi nada imposto".

Fonte: SBT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...